A dor durante a relação sexual é mais comum do que possa imaginar. De acordo com a Sociedade Portuguesa de Andrologia, 729.000 mulheres portuguesas têm disfunções sexuais que precisam de tratamento.

Mas há mais dados: segundo o mesmo estudo, intitulado EPISEX-PT/Feminino – Prevalência das disfunções sexuais femininas em Portugal, estima-se que este tipo de problemas “atinja aproximadamente 2,2 milhões de mulheres portuguesas”, independentemente do grau e da intensidade do problema.

São número avassaladores que devem ser levados a sério. Assim sendo, a falta de apetite sexual da sua companheira, na maior parte das vezes, não significa que já não existe amor.

 

7 Motivos que podem originar dor durante a relação sexual

dor durante a relação

Casal aborrecido.

Existem diversos motivos que podem estar a causar desconforto e dor durante a relação sexual. Esteja atento procure acalmar a sua companheira. Aos primeiros sinais o melhor mesmo é procurar ajuda profissional.

 

1. Endometriose

Estima-se que esta doença atinja, em Portugal, cerca de 240 mil mulheres.  É de difícil diagnóstico e aumenta a intensidade da dor durante a relação do ato sexual durante o ciclo menstrual.

 

2. Vulvite

Esta patologia causa fissuras na pele da vulva. Geralmente, é provocada por reações alérgicas a produtos perfumados como sabonetes, toalhitas, lubrificantes, gel duche, detergentes para lavar a roupa e preservativos.

 

3. Vulvodínia

Muitas mulheres descrevem esta patologia como um ardor ou até mesmo uma picada. É uma dor crónica que pode prolongar-se durante meses e que não está ligada a nenhum tipo de infeção.

 

4. Vaginite

É uma inflamação dolorosa da mucosa da vagina que pode ser originada por diversos fatores: reações alérgicas da pele ou até mesmo a entrada na menopausa. Nestes casos, é produzida uma quantidade anormal de secreção vaginal.

 

5. Vaginismo

Falamos de espasmos dolorosos e movimentos involuntários que acabam por “fechar o canal vaginal e impedindo a penetração”. Esta patologia é bastante dolorosa para a mulher e a sua origem pode ter fatores físicos ou psicológicos (como é o receio do sexo, por exemplo). O vaginismo é tão grave que pode até impedir a utilização de tampões higiénicos e a realização de exames ginecológicos.

 

6. Quistos nos ovários

A presença de quistos nos ovários pode provocar dor durante a relação sexual. Se for o caso, devem ser feitos exames específicos para despistar qualquer tipo de problema de saúde mais grave.

 

7. Doença inflamatória pélvica

Estamos a falar da inflamação bacteriana do aparelho reprodutor feminino, tornando a penetração sexual bastante dolorosa. Os sintomas mais comuns são o ardor, febre baixa, mal-estar, menstruação irregular, fadiga, vómitos e dor abdominal ou pélvica durante o ato sexual.

 

Posições sexuais para evitar dor durante a relação sexual

Existem diversas posições sexuais que podem ajudá-lo a garantir relações sexuais sem dor. Estas são as mais comuns:

 

Missionário

dor durante a relação

Posição de Missionário.

É a mais comum de todas e uma das menos desconfortáveis. Na maioria dos casos, a penetração acontece sem dor.

 

Conchinha

dor durante a relação

Posição de Conchinha

Os elementos do casal deitam-se de lado na cama: o homem fica atrás da mulher. A mulher tem maior controlo da penetração, já que coordena o ângulo e a respetiva intensidade.

 

Mulher por cima

dor durante a relação

Mulher por Cima.

A mulher a assume o comando, ao mesmo tempo que a possibilidade de orgasmo aumenta consideravelmente, devido à maior fricção do clitóris.

 

Tesoura/Colher de frente

O casal deita-se de lado, de frente um para o outro e entrelaçam as pernas de cima formando uma espécie de tesoura. A mulher volta assim a controlar a penetração.

 

 

A Manly Assets tem muitas mais dicas e conselhos para lhe oferecer, esteja atento e não se esqueça de comentar!

Veja Também:

Melhores Posições Durante A Gravidez – Experimente Já

Como Retardar A Ejaculação – Exercícios Práticos

Como Fazer Um Bom Oral À Sua Parceira – Tudo O Que Precisa De Saber

Como Provocar Orgasmos Femininos – 2 Dicas Fundamentais